ÁGUA


Os gráficos abaixo referem-se aos resultados obtidos para a água potável distribuída no município de Montes Claros-MG.


 

Cloro residual livre: o cloro é utilizado na desinfecção da água e deve estar presente em uma quantidade mínima na água no sistema de distribuição (reservatórios e rede) para garantir a potabilidade da água durante sua distribuição e a qualidade microbiológica.

 

Turbidez: esse parâmetro está relacionado a transparência da água. A presença de substâncias em suspensão impedema a passagem da luz, reduzindo sua qualidade e consequentemente a sua transparência.

 

Cor: a cor da água é decorrente da presençc É uma análise fundamental, visto que, a cor elevada provoca a sua rejeição por parte do consumidor.

 

pH: o pH da água potável deve ser mantido entre 6,0 e 9,5 no sistema de distribuição a fim de garantir que não haja formação de incrustações nas tubulações.

 

Flúor: o flúor é adiconado no tratamento da água como forma de prevenção à cárie dentária. Conforme definido pelo Ministério da Saúde, um teor ótimo de Flúor é essencial para qualidade da água.

​​​​​​

 

 

 

Fonte:

- Relatórios Copasa

- Anexo XX Portaria de Consolidação Ministério da Saúde nº 05/2017.